Empreendedorismo em jovens e Crianças

Empreender hoje ajuda jovens a aprender valores como a ética, cidadania, espírito de grupo, responsabilidade, autoconhecimento e sustentabilidade…

Todos nós sabemos que o empreendedorismo é quem faz a roda da economia e inovação girar. É através de novos negócios e de toda sociedade que ele avança em busca de mais qualidade de vida e bem-estar. Mas sabemos também que esse caminho não é dos mais fáceis, e que é preciso apoio e incentivo, principalmente para que os jovens se desenvolvam como empreendedores.

Empresas experientes e renomadas no mercado também tem uma participação muito importante nesse processo, auxiliando na formação desses futuros empreendedores. O pouco que algumas empresas podem fazer é muito para a Junior Achievement, por exemplo.

Nesse contexto a Bigolin Materiais de construção, recentemente entregou vários banners que estavam em desuso para o projeto miniempresa da Junior Achievement. Um dos projetos trabalhava com material reciclável e por isso utilizou esses banners para a fabricação do produto.

O trabalho de ONG’s do setor é essencial, o trabalho da Junior Achievement está entre as mais importantes. Criada nos Estados Unidos e trazida para o Brasil pelo empreendedor Jorge Gerdau. Seu objetivo principal é o de trabalhar com programas nas escolas, despertando a visão empreendedorismo em jovens e crianças entre o quarto ano até o início da faculdade.

Os alunos passam por todo o processo, desde o despertar dessa visão empreendedora, até a criação da mini empresa, que acontece no segundo ano do Ensino Médio.

Além disso, as mini empresas, resultantes desses programas, participam de competições nacionais e de feiras para mostrarem o seu trabalho.

Desse programa saem muitos alunos que abrem suas empresas e hoje são empreendedores.

Junior Achievement, como sua empresa pode colaborar com 0 empreendedorismo em jovens e crianças:

  1. Como mantenedoras: Empresas que mantém o projeto em pé, pagando pelos materiais e apostilas, como o SENACSEBRAE, entre outras.

  2. Patrocinadoras: Seja pagando por algum material, ou patrocinando um evento especifica, há varias maneiras de patrocinar a JA, algumas empresas patrocinadoras são – SENAI, SESI e SENAR/MS.

  3. Apoiadoras: As empresas apoiadoras dão suporte aos projetos da JA como podem, através de divulgação, cedência de espaços, materiais, de forma constante. Algumas empresas apoiadorasUCDBSemalo, Natubom, entre outras.

  4. Ajudando como pode, assim como a Bigolin que fez uma ação pontual, as empresas podem ajudar quando e como quiserem. O importante é participar.

  5. A  empresa também pode influenciar seus funcionários a participar como voluntários dos projetos.

 

As empresas que desejam apoiar de alguma das maneiras da lista, podem entrar em contato diretamente pelo site e realizar o cadastro, acessando aqui!

Se você é uma pessoa física e deseja ser voluntário, também é possível. Basta entrar em contato pelo site e realizar o cadastro.

A escola que deseja participar precisa entrar em contato e apenas abrir as portas para os treinamentos e/ou voluntários. O cadastro pode ser feito diretamente pelo site,clicando aqui!

consulab

Entusiasta e amante da economia colaborativa que acredita na transformação mundial através de uma nova cultura, onde possamos colaborar mais com os outros, e a formação dessa cultura é da economia colaborativa