Minimalismo: Três Perguntas que você deve fazer antes da sua próxima compra

Minimalismo: Três Perguntas que você deve fazer antes da sua próxima compra

 

Quando falamos sobre viver um estilo de vida Minimalista a maioria das pessoas já logo pensam que nunca mais poderão comprar nada. Entretanto a idéia não é essa. Confira as Perguntas que você deve fazer antes da sua próxima compra

 

O Minimalismo não é apenas sobre a quantidade de coisas que você compra. E sim a qualidade.

O Consumismo nos dias de hoje tornou-se um pouco excessivo (para dizer o mínimo!). Onde quer que você vá, há confusão, seja na TV, nas casas das pessoas, nos shopping, nas mídias sociais, na internet, no trabalho ou na escola, no telefone e no carro. Estamos sobrecarregados com informações e anúncios o tempo todo.

Pessoas querendo que você se inscreva em algo, experimente o creme de mãos mais recente ou faça uma doação.

Eles fazem a oferta parecer tão tentadora que você não pode resistir ou pensar duas vezes.

A TV também está aumentando sua publicidade. Na próxima vez que assistir ao seu programa de TV favorito, acompanhe quantas marcas são mencionadas, exibidas ou usadas nesse único episódio. Você pode se surpreender com o quão sutis eles podem ser e com quantos você se depara.

Maneiras comprovadas que o Minimalismo pode Mudar Sua Vida (em 2 semanas)

 

Você realmente precisa de tudo isso?

 

Agora, entrando nas casas das pessoas e vendo a desordem que eles têm, me fez perceber quanta coisa eu costumava ter por simplesmente ter. Prateleiras, roupas, artigos de cozinha, armários, artigos de toalete, apenas coisas.

Se as pessoas tivessem tempo para avaliar todos os seus pertences e ver o que elas amam e precisam, posso garantir que pelo menos 50% desses itens estariam fora de casa. Olhe em seus armários fechados e o que você tem em exibição. Isso realmente precisa estar lá?

A desordem visual também confunde a mente. Você ficará surpreso com o quanto mais claro você pode pensar quando você não tem isso.

 

Consumismo e a internet

 

A internet, creio, seria um dos piores criminosos. Empresas como o Google e o Facebook criaram algoritmos inteligentes que rastreiam tudo o que você faz na Internet e adaptam os anúncios às coisas com as quais você mais provavelmente clicará. Você realmente não tem onde se esconder.

A sociedade tornou-se mais viciada em consumir do que em estabelecer conexões reais com outros seres humanos. Eu acho isso muito triste quando vejo um casal sentado em uma mesa de jantar e não está se conectando porque eles estão muito ocupados verificando o que está acontecendo no Facebook ou obtendo o melhor ângulo para uma foto do jantar deles.

Quando você pensa sobre isso, é tudo apenas para mostrar. Quem honestamente se importa com o que você comeu naquela noite?

Dicas para uma vida minimalista: Passos essenciais para viver com menos

 

Três Perguntas que você deve fazer antes da sua próxima compra

 

1 – Eu já possuo algo semelhante? 

Quantas calças jeans você precisa? Se você se deparar com algo que é de melhor qualidade e vai servir-lhe um propósito melhor do que o item que você já tem, então compre com a intenção de eliminar o outro artigo da sua vida.

Eu sei que, como mulher, posso justificar qualquer compra. Mas, por causa de sua carteira e sanidade, tente se fazer essa pergunta e pense em gastar esse dinheiro em uma noite de cinema. Gaste seu dinheiro em experiências, não em coisas.

 

2 – Isso é algo que eu absolutamente amo e vou usar? 

Você está andando na pequena seção de cozinha de uma loja e vê uma chaleira incrivelmente bonita. Mesmo que você tenha uma em casa, a sua esta bem velha e a qualquer momento terá que substituí-la de qualquer maneira. Você ferve a água o tempo todo em casa, enquanto bebe muito chá de ervas e sabe que receberá o valor do seu dinheiro. Nesse caso, eu consideraria comprar o item porque você o ama e o usará regularmente.

No entanto, se você ver uma bolsa preta linda e se apaixonar, mas você já tem duas bolsas pretas em casa, então eu continuaria andando. Após uma semana, você nem se lembra de ter visto!

 

3 – Eu realmente preciso disso? (e seja honesto consigo mesmo) 

Você se depara com um aplicativo sobre o qual você lê em um artigo e acha que ele faz algumas coisas bem impressionantes. Tem excelentes críticas, e no calor do momento, você quer baixá-lo.

Qual o problema certo? Bem, você precisa do aplicativo e vai melhorar sua vida significativamente? A resposta provavelmente será não, como a novidade desaparece, ele só irá acumular mais espaço no seu telefone.

 

Aplique esses princípios a todos os aspectos da sua vida. Olhe para todas as áreas da sua casa, computador, mesa de trabalho, carro e responda às três perguntas. Depois de ter doado jogado os itens que não têm sentido, acredite, você se sentirá muito melhor!

Você vai lentamente começar a ver o mundo de uma maneira nova e a sentir-se mais leve. Literalmente mais leve.

Fazendo um declutter global de sua vida será uma das melhores coisas que você já fez por si mesmo.

 

Você se faz perguntas específicas ao decidir comprar algo?’