Economia colaborativa em viagens: Aprenda a economizar

Economia colaborativa em viagens: Aprenda a economizar

Ao planejar uma viagem buscamos economizar ao máximo para gastar nos passeios, nas compras e nas experiências. Vamos mostrar neste artigo como usar a economia colaborativa em viagens para você economizar e ainda ter um serviço de qualidade.

 

Com a crise econômica global e a crescente confiança na Internet e nos pagamentos on-line, houve uma grande mudança em direção ao acesso de bens. A indústria de viagens é o setor mais afetado pelo crescimento meteórico do compartilhamento e da economia colaborativa.

 

ECONOMIA COLABORATIVA?

Também conhecido como o movimento peer-to-peer (P2P), a economia colaborativa basicamente se origina de desenvolvimentos tecnológicos que permitem aos consumidores contornar corporações e grandes marcas para fazer transações diretas umas com as outras.

 

A Economia Colaborativa é um modelo econômico em que a propriedade e o acesso são compartilhados entre empresas, start-ups e pessoas. Isso resulta em eficiências de mercado que geram novos produtos, serviços e crescimento de negócios.

 

Como funciona a economia colaborativa

 

QUAL É A DIFERENÇA ENTRE PEER-TO-PEER, C2C E CONSUMO COLABORATIVO?

Peer-to-peer significa que os pares fornecem serviços ou bens uns aos outros, por ex, no eBay, onde os consumidores vendem mercadorias uns aos outros.

O C2C (customer-to-customer) é um subgrupo de peer-to-peer e adiciona a restrição de que os pares sejam (principalmente) de natureza não profissional.

Consumo colaborativo é um movimento geral que descreve como as pessoas consomem bens e serviços.

É importante notar que nem todas as redes de consumo colaborativo são de natureza peer-to-peer. A Zipcar, por exemplo, não é peer-to-peer porque os carros não são fornecidos pelos consumidores uns aos outros, mas pela Zipcar. Os consumidores simplesmente se beneficiam de não ter que possuir o carro para aproveitar os benefícios de poder dirigir neles.

Consumo Colaborativo e o desejo de compartilhar

 

ECONOMIA COLABORATIVA EM VIAGENS

O crescimento do consumo colaborativo não é apenas entre os viajantes com pouco dinheiro, que se conformam com uma opção menos luxuosa. Na verdade, está crescendo em popularidade para os consumidores mais sofisticados.

Muito se fala sobre AirBnB, Couchsurfing, HomeAway (Alugue Temporada), home exchange e outros sites de aluguel de casas, a verdade é que a economia colaborativa em viagens se espalha muito mais profundo e mais amplo do que estritamente acomodações.

 

CONHEÇA ALGUNS SERVIÇOS PARA ECONOMIZAR NA HORA DE VIAJAR

COUCHSURFING: ferramenta que gera a possibilidade de viajantes se hospedarem de forma gratuita na casa de moradores na cidade de destino.

DOGHERO: plataforma que seleciona, aproxima o melhor anfitrião para hospedar e cuidar temporariamente do seu animal de estimação.

HOUSE SITTERS: é uma excelente forma de se hospedar em outros países gratuitamente em troca de trabalho que normalmente envolve principalmente cuidados com pet, enquanto os anfitriões estão viajando. É uma excelente forma de conhecer os países como seus habitantes locais, sem gastar nada.

UBER: aplicativo que une quem precisa de um transporte com quem oferece este serviço, a um preço acessível e com qualidade.

WORLDPACKERS: você troca seu trabalho por hospedagem gratuita em diversos hostels espalhados pelo mundo.

RENT A BAG: locação de malas de altíssima qualidade de maneira simples, ágil, com um preço justo e competitivo.

DINNEER: é uma plataforma que põe em contato pessoas que oferecem refeições em suas casas por um preço justo, que é dividido pela quantidade de pessoas que vão participar.

AIRBNB: plataforma onde as pessoas se cadastram e oferecem acomodações únicas ao redor do mundo, por quantos dias forem necessários.

WWOOF: é um site que reúne fazendas orgânicas do mundo todo. Você pode ficar hospedado nessas fazendas em troca de trabalho no local. Pode aprender muito sobre o cultivo de orgânicos e ainda ganha hospedagem e alimentação gratuitas.

BLÁ BLÁ CAR: conecta condutores com lugares vazios no carro a passageiros indo para o mesmo destino.

Finalmente, há uma infinidade de serviços secundários para ajudar você a ter uma ótima experiência antes, durante ou depois da viagem. Talvez você gostaria de alugar um caiaque, barraca de camping ou churrasqueira? Ou precisa de um guia para te mostrar o melhor da cidade.

 

Economize com a Economia Colaborativa

 

Compartilhar e conversar com os habitantes locais é a melhor parte da participação no consumo colaborativo.

 

ACOMPANHE AS NOVIDADES DO BLOG CONSUMO COLABORATIVO

Então curta a nossa página no Facebook.
Veja as nossas fotos no Instagram.
Veja os nossos vídeos no You Tube.