Viver de forma sustentável: 10 maneiras de aplicar a sustentabilidade na sua vida

Viver de forma sustentável: 10 maneiras de aplicar a sustentabilidade na sua vida

Viver de forma sustentável é algo que só depende de nós. Todos os dias fazemos escolhas em nossas vidas que afetam o meio ambiente, o clima e outras espécies. Há muito que podemos fazer para aplicar a sustentabilidade em nossa vida e reduzir nossa pegada ambiental.

 

Viver de forma sustentável é bem mais simples do que parece. Confira essas dicas e comece agora mesmo.

Pense duas vezes antes de comprar

“Reduzir, Reutilizar, Reciclar” é tão importante hoje quanto quando a frase foi cunhada pela primeira vez. Cada produto que compramos tem uma pegada ambiental, desde os materiais usados ​​para criá-lo, a poluição emitida durante a fabricação até as embalagens que acabam em aterros sanitários. Então, antes de comprar, pergunte a si mesmo se realmente precisa daquele produto. Se você realmente precisa, considere comprar usado.

O consumo colaborativo é uma prática sustentável. É, em síntese, a troca de produtos e/ou serviços entre consumidores, que deixam de adquirir de um fornecedor e passam a colaborar entre si, suprindo suas necessidades de consumo.

 

Certifique-se de que suas compras tenham benefícios ambientais

Nem todo mundo pode sair correndo e trocar seus produtos por versões amigas do planeta. E isso não é necessariamente uma coisa ruim, pois a fabricação de novos produtos também exige muitos recursos. Mas se você for comprar um carro novo, procure um modelo que economize combustível – você economizará dinheiro e reduzirá sua pegada de carbono ao longo dos anos.

Se você está comprando uma nova geladeira, lavadora ou secadora, procure a etiqueta Energy Star para encontrar os aparelhos mais eficientes.

 

Cuidado com o plástico

O plástico nunca desaparece.  A Ellen MacArthur Foundation estima que, até 2050, os mares terão mais peso em plástico do que em peixes. Todos os anos, milhares de aves marinhas, tartarugas marinhas, focas e outros mamíferos marinhos morrem depois de ingerirem plástico ou ficarem enroscados nele.

Você pode começar a reduzir o desperdício de plástico em algumas etapas simples: sempre levar sacolas reutilizáveis ​​ao fazer compras, evitar garrafas de água de uso único e evitar produtos feitos ou embalados em plástico sempre que possível.

 

Não compre produtos que ponham em perigo a vida selvagem

Produtos feitos de animais na lista de espécies ameaçadas são ilegais para comprar, vender, importar ou comercializa, mas se uma planta ou animal ainda não foi listado, eles ainda podem ser prejudicados pelo lucro de alguém.

Além disso, alguns produtos prejudicam espécies ameaçadas, ameaçando seu habitat, desde o corte de florestas antigas até o uso da água que as espécies ribeirinhas precisam para sobreviver.

Para evitar contribuir para o perigo da vida selvagem, faça compras conscientemente e procure por produtos feitos de materiais sustentáveis, como o bambu, e jante em restaurantes que se recusam a servir espécies ameaçadas.

 

Preste atenção aos rótulos

Do café ao vestuário, o número de opções de compras que temos é enorme. Mas há alguns líderes claros quando se trata de minimizar seu impacto na vida selvagem e no planeta.

Se você bebe café, procure por café cultivado na sombra, que é cultivado mantendo os habitats da floresta intactos para aves migratórias e outras espécies.

Escolha produtos certificados pelo Comércio Justo quando possível para apoiar empresas dedicadas à produção sustentável e pagamento de salários justos aos trabalhadores.

Compre alimentos orgânicos sempre que possível; pode custar um pouco mais, mas mantém pesticidas prejudiciais fora de nossa terra e água, protegendo os trabalhadores agrícolas, a vida selvagem e sua família.

 

Seja sábio na água

Evite fazer uso de águas engarrafadas. A extração de água e a produção de todas aquelas garrafas de plástico são notoriamente prejudiciais às comunidades e à vida selvagem.

A economia da água também é crítica, especialmente porque a nossa crescente população aumenta a demanda das fontes de água do país e enfrentamos secas sem precedentes.

Você pode economizar água tomando banhos mais curtos, consertando canos com vazamentos e escolhendo opções de aparelhos de baixo fluxo de água.

 

Dirija menos

Mudar seus hábitos de direção pode reduzir drasticamente sua pegada de carbono.

Caminhe, ande de bicicleta, vá de carona ou use o transporte público sempre que possível.

Participe ou comece dias sem carros na sua comunidade. Também é importante manter seu carro em forma com ajustes regulares e insuflações de pneus.

 

Tire a extinção do seu prato: Coma menos carne

A produção de carne é uma das indústrias ambientalmente mais destrutivas do planeta, responsável por enormes quantidades de uso de água, poluição, emissões de gases de efeito estufa e destruição de habitat.

Você tem três chances por dia para melhorar a saúde do planeta – reduzindo seu consumo de carne, você pode reduzir sua pegada ambiental.

Comer frutas e verduras de origem local também reduz a quantidade de combustível fóssil usado para transportar alimentos por longas distâncias.

 

Use sua voz e seu voto

Uma das melhores coisas que você pode fazer pela vida selvagem e pelo planeta, hoje e no futuro, é envolver-se politicamente em sua comunidade e em nível nacional.

Vote em candidatos com fortes plataformas ambientais. Incentive seus representantes a aprovar políticas mais fortes para limitar os gases de efeito estufa, combater as mudanças climáticas, proteger nossa vida selvagem e as terras selvagens e apoiar o acesso aos serviços de saúde reprodutiva.

Assine e compartilhe alertas de ação, participe de eventos e converse com seus amigos sobre a proteção de espécies ameaçadas e a necessidade de abordar o crescimento da população humana e o consumo excessivo.

 

Plante seu alimento de forma orgânica

Plantar o próprio alimento ajuda a reduzir o consumo de recursos naturais utilizados no plantio e ainda diminui a poluição oriunda do transporte e do emprego de agrotóxicos. E você pode plantar mesmo que não tenha grandes espaços: utilize vasinhos, aprenda a fazer hortas verticais, plante junto com a comunidade, etc.